Skip to content
Estás Aqui: Início Noticias
Noticias
XI Encontro de Bandas Filarmónicas na Mamarrosa PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 11 Abril 2012 16:06

XI ENCONTRO DE BANDAS FILARMÓNICAS NA MAMARROSA

 

 

IMG 7213

 

 

Mamarrosa conheceu a maior enchente de que há memória

Todos estamos habituados às grandes organizações realizadas pela Banda Filarmónica da Mamarrosa através da Associação Beneficente, Cultura e Recreio da Mamarrosa. E de facto a que se realizou no passado domingo dia 1 de Abril, não foi disso exceção. O salão cultural da Associação de Melhoramentos da Mamarrosa, cartão-de-visita para quem vem até à nossa Vila e que acolheu o XI Encontro de Bandas Filarmónicas na Mamarrosa, foi pequeno para receber a enorme massa humana que preencheu todos os espaços livres, ocupando desde cedo os cerca de trezentos lugares sentados e todos os corredores laterais da grande sala de espetáculos. O evento contou com a participação da Banda Marcial de Tarouquela e Municipal de Cinfães, da Academia Recreativa e Musical de Sacavém e da Banda anfitriã, a Banda Filarmónica da Mamarrosa. Os desfiles marcados para as catorze horas registaram algum atraso, tendo a Banda do norte chegado um pouco mais tarde, mercê da logística que preparou para esta deslocação à vila de Mamarrosa. A Banda de Tarouquela fazia-se deslocar em três autocarros e em inúmeras viaturas ligeiras, situação que tornou um pouco mais morosa a viagem de Tarouquela, município de Cinfães até á Mamarrosa. A Banda do Sul, a Banda de Sacavém, chegou à Mamarrosa cedo, pouco passava das onze horas e trinta minutos, tendo-lhe a organização oferecido o almoço no Restaurante “O Carlos”, na sala da Quinta do Moinho.

Iniciados os desfiles pela Banda de Tarouquela, que saiu das imediações do Ponto Fresco, entidade que apoiou o evento, apresentou cumprimentos à Banda Filarmónica da Mamarrosa em frente á Igreja Matriz, bonita construção de meados do séc. XVIII, ex-libris da freguesia e, seguiu em desfile pela Rua da Banda Filarmónica da Mamarrosa até ao Salão Cultural. De seguida, saiu em desfile a Academia Recreativa e Musical de Sacavém, partindo das imediações do Instituto de Educação e Cidadania da Mamarrosa, a escola moderna do séc. XXI que, com as suas ligações às Universidades de Aveiro e Coimbra, muito tem dado à freguesia e à região. Apresentando cumprimentos à banda anfitriã, a banda de Sacavém fez um trajeto idêntico. Por último, iniciou o seu desfile a Banda da Mamarrosa, saudando logo de início todos os populares presentes. O desfile contou com a presença do Sr. Vice-Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, do Presidente da Junta de Freguesia, do Presidente da Assembleia de Freguesia, do Presidente da Assembleia Geral da ABCR, do Presidente do Conselho Fiscal da ABCR e 1º Secretário da Assembleia Geral da ABCR.

Já no salão cultural, os concertos iniciaram-se pela mesma ordem do desfile, tendo a Banda de Tarouquela apresentado um programa primoroso que o seu Maestro, o Sr. Alberto Madureira da Silva, compositor de renome e detentor de uma longa carreira musical e militar, onde ascendeu até ao posto de Sargento-Mor, já aposentado, soube cuidadosamente preparar. Abriu o concerto com a abertura espanhola para banda, intitulada “ Tio Alberola” de Ferrer Ferran, tendo de seguida interpretado “Pilatus: Mountain of Dragons” de Steve Reinek. Seguiu-se uma peça a solo para dois flautins “Os canários” da autoria do Maestro, Alberto Madureira, terminando com uma coletânea de temas de Frank Sinatra, com arranjo de Naohiro Iwai. A atuação da Banda de Tarouquela foi bastante apreciada pela enorme assistência, tendo esta em reconhecimento apresentado uma peça extra programa, a marcha “Radetzky” de Strauss. Refira-se que, a Banda Marcial de Tarouquela e Municipal de Cinfães foi fundada em 1930 e conta hoje com 75 elementos, na sua maioria profissionais do ramo da música como instrumentista e professores. Depois da excelente apresentação da Banda de Tarouquela, seguiu-se a Academia Recreativa e Musical de Sacavém, fundada em 1927 e composta atualmente por 54 elementos, maioritariamente jovens de ambos os sexos com idades compreendidas entre os 11 e os 25 anos. Regida pelo Maestro José Manuel Pereira Ribeiro, também ele músico militar na Banda Sinfónica da G.N.R., onde ocupa o posto de Sargento-Chefe Músico. Esta banda iniciou o seu concerto com a marcha “O Engenheiro” da autoria de Ilídio Costa, compositor que mais uma vez nos honrou com a sua presença, tendo interpretado de seguida “Festa Paesana” de Jacob de Haan. A peça seguinte “Ilhas de Bruma” da autoria do Capitão Amílcar Morais, recolheu os cumprimentos do ilustre compositor aguedense, que também marcou presença neste grande evento musical. A Banda de Sacavém executou de seguida “Moment for Morricone” de Jacob de Haan tendo finalizado com a marcha “Jorge Henriques” da autoria de Ferreira Graça. As bandas do sul que tem vindo ano após ano aos encontros de bandas realizados na Mamarrosa, marcam um estilo diferente no cariz musical e a Banda de Sacavém soube estar à altura desse estilo, tendo marcado muito positivamente a sua presença. Seguiu-se a banda da casa, a Banda Filarmónica da Mamarrosa, instituição cultural mais antiga do concelho com quase um século de existência. A BFM marcou presença em palco, regida pelo Maestro Fernando Ribeiro Lopes, maestro também músico militar dos quadros da G.N.R. com a patente de Sargento-Chefe. Não deixa de ser curioso a hegemonia das direções artísticas presentes, uma vez que todos os maestros são ou foram músicos militares. Sendo quiçá a atuação mais aguardada pela assistência, neste início de época, a resposta da BFM foi monumental. Interpretando “El Presidente”, uma marcha de concerto encomendada ao compositor Nuno Osório e dedicada pela Banda da Mamarrosa ao Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Sr. Mário João Oliveira, a Banda e o seu Maestro souberam catapultar a numerosa assistência num crescendo de emoções e de sentir a música, com a qualidade digna das grandes e melhores Bandas deste País. Seguiu a interpretação soberba da abertura de P. Tchaikovsky ”Finale from Fourth Symphony”. Mas, o melhor estaria ainda para chegar. Numa apresentação eloquente do trompetista da BFM, João Vilão, executando a fantasia “The Carnival of Venice”, traduzindo “Variações do Carnaval de Veneza”, o público respondeu com a maior ovação da tarde. Ao longo das oito variações que compõem a obra, o público pode apreciar a destreza do executante e deliciar-se com a subtileza dos sons saídos da trompete. Pôde desfrutar de algo que não tem preço, algo que conforta e enche a alma, como só a música o sabe fazer, quando executada com esta qualidade e mestria. É, em momentos como estes, que não entendemos que, em algumas situações, se ouse comparar o que não é comparável. Quando se entra numa comparação meramente de números, relegando para segundo plano, a qualidade e o bairrismo, algo de muito mal vai na sociedade mamarrorense.

Seguiram-se os discursos e o Presidente da Direção, Engº Arsélio Canas depois de agradecer a presença de todas as entidades presentes (Presidente da Câmara Municipal, Presidente da Assembleia Municipal, Presidente da Junta de Freguesia, Presidente da Assembleia de Freguesia, Presidentes da Assembleia Geral e do Conselho Fiscal da Associação B. C. Recreio da Mamarrosa) começou por agradecer a presença das Bandas convidadas, a Banda Marcial de Tarouquela e Municipal de Cinfães e da Academia Recreativa e Musical de Sacavém, na pessoa dos seus Dirigentes e na pessoa dos sus Maestro, tendo de seguida manifestado a satisfação de ter uma casa completamente cheia. Agradeceu a presença dos compositores, maestros e músicos, não esquecendo também todos os patrocinadores que, com a sua ajuda suportaram o evento e, todas as pessoas que direta ou indiretamente colaboraram para que o mesmo se realizasse com o brilhantismo que era visível. Formulou a todos um convite para marcarem presença no próximo Encontro de Bandas, o XII a realizar no dia 24 de Março de 2013. Discursaram de seguida o Presidente da Junta de Freguesia, Sr. Manuel Reis, o Presidente da Assembleia de Freguesia, Sr. Carlos Ferreira, o Presidente da Assembleia Municipal, Dr. Manuel Nunes e encerrado o Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Sr. Mário João Oliveira, ficando como nota comum o agradecimento pelo trabalho desenvolvido pela Direção na organização deste evento, pelos músicos e Maestro da Banda Filarmónica da Mamarrosa no desenvolvimento desta nobre arte, que é a música e por levarem bem longe o nome da nossa freguesia e do nosso concelho. Foi ainda destacado o papel da música na formação da personalidade e consequentemente na formação cultural das comunidades e feito um agradecimento especial as Bandas que nos visitavam e a todas as pessoas que se deslocaram á vila da Mamarrosa, para marcarem presença neste encontro. O concerto da BFM encerraria com a peça a solo em xilofone “Xilomania/ Happy go Lucky”, com a execução também brilhante do percussionista Luís Carcoleiro. Com o público a aplaudir de pé deu-se por finalizada a atuação da BFM em palco.

 

 

 

 

img 7189

A tarde musical não ficaria completa, sem antes as três bandas interpretarem uma marcha comum, também especial em dia especial. A marcha escrita por um ex músico da Banda Filarmónica da Mamarrosa, hoje maestro da Banda da Escola de Música da Quinta do Picado, o jovem Óscar Saraiva, foi dedicada ao Presidente da Direção da ABCR Engº Arsélio Canas, tendo o autor dado o seu nome á obra.

Com um lanche de confraternização encerrou-se assim este magnifico Encontro de Bandas, deixando-nos a todos á espera do próximo, no dia 24 de Março de 2013.

 

M.R.

Actualizado em Segunda, 23 Abril 2012 00:26
 
BFMamarrosa - Crónicas de Passagem até 1 de Junho. PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrador1   
Sexta, 29 Abril 2011 14:15

 

     Desde o início da presente época a Banda Filarmónica da Mamarrosa tem realizado uma série de serviços de elevada qualidade, por este Portugal fora. Começamos com o nosso Encontro de Bandas realizado a 17 de Abril, o qual contou este ano com a Banda Musical da Trofa, da Banda da Sociedade Recreativa de Almoçageme- Colares e com a a BFMamarrosa. Aqui os ouvintes conhecedores de música deleitaram-se com os acordes musicais e com a sabedoria musical caracteristica de cada Banda. São muitos os apreciadores da boa música que se deslocam á vila de Mamarrosa, neste dia. Com um tempo ensolarado e uma tarde de excelente música, Mamarrosa esteve ao mais alto nível.  Seguiu-se a participação da BFMamarrosa, nas celebrações da Páscoa, cuja participação supomos ser tão antiga, como de idade tem a Banda ( 94 anos). Participação que se destingue pelos actos religiosos, na missa do dia e na procissão pelas ruas principais da vila. No dia 1 de Maio, feriado nacional, deslocou-se a Banda Filarmónica da Mamarrosa a Vilar de Figos - Barcelos para conjuntamente com a Banda de Vilela, abrilhantar uma das festas de maior tradição do norte de Portugal - a festa das Rosas. Apesar da manhã chuvosa, a falange de apreciadores das grandes Bandas, que ano após ano se deslocam a estas festas, não deu por mal empregue o tempo. Realizou-se um bom serviço, que constituiria o primeiro de um grupo de três consecutivos e num curto espaço de tempo, na mesma zona geográfica.
Actualizado em Sábado, 04 Fevereiro 2012 15:49
Continuar...
 
X Encontro de Bandas Filarmónicas na Mamarrosa PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 14 Abril 2011 00:00

Realiza-se no próximo domingo, 17 de Abril, o X Encontro de Bandas Filarmónicas na Mamarrosa. A edição deste ano conta com a participação da Banda de Música da Trofa, da Banda da Sociedade Recreativa Almoçageme e da Banda anfitriâ - a Banda Filarmónica da Mamarrosa. Do programa destaca-se ás:

14.00 Horas – Desfile das Bandas participantes, da Igreja Matriz até à sede da Banda, pela seguinte ordem:

a) Banda Musical da Trofa

b) Banda da Sociedade Recreativa Almoçageme

c) Banda Filarmónica da Mamarrosa.

15.00 Horas – Início dos concertos pela ordem do desfile das Bandas participantes.

18.15 Horas – Encerramento com a actuação simultânea das 3 Bandas executando uma marcha final.

Convictos de que este evento trará à Vila da Mamarrosa e consequentemente ao Concelho de Oliveira do Bairro, tal como em anos anteriores, alguns milhares de pessoas, a Direcção está a trabalhar para que tudo corra da melhor forma e endereça um convite a todos os visistantes da nossa pagina da net para estarem presentes neste grandios evento musical.

Actualizado em Terça, 03 Maio 2011 17:52
 
X Encontro de Bandas Filarmonicas na Mamarrosa - Noticia no Jornal da Bairrada PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 14 Abril 2011 00:00
Clique em continuar para ver a noticia
Actualizado em Terça, 03 Maio 2011 17:51
Continuar...
 
Intercâmbio promovido entre a Banda Filarmónica da Mamarrosa e a Filarmónica de N.ª S.ª dos Remédios PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Terça, 31 Agosto 2010 21:30


Fotografia_BN._S._dos_RemediosDe 18 a 25 de Agosto, 7 dias vão. Sete dias de novas experiências, novos conhecimentos, novas amizades, 7 dias de muita alegria e emoção. Foram assim os 7 dias que os elementos da Filarmónica N.ª S.ª dos Remédios, da Ilha de São Miguel - Açores, passaram entre nós, no intercâmbio promovido pela Banda Filarmónica da Mamarrosa com esta Banda Açoriana. Este grupo de adultos e jovens, divertidos, simples e simpáticos já haviam visitado o continente em outras ocasiões contudo, manifestaram desde o início uma grande simpatia pelo povo de Oliveira do Bairro. Depois de chegarem ao aeroporto Francisco Sá Carneiro - Pedras Rubras no Porto

Actualizado em Terça, 31 Agosto 2010 22:07
Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 Seguinte > Final >>

Pág. 7 de 8

Autenticação